20 de abr de 2009

Crápula

cara-de-pau
já chega e crau!
faz o que quer
dá um beijo e tchau!
sempre que vem
faz tudo igual
quando não vem
é menos mal

superficial
muito além do normal
muito aquém do animal
racional

gasta legal
só dá preju
bem baixo-astral
é um urubú
se vem me ver
não sei pra quê
vou dizer "oi"
saiu, já foi

crápula!
é duro que dói
é ele que vem
que sempre destrói
que pega um amor
sincero e corrói
é esse o vilão
que agora é herói

crédula!
deixei-me levar
foi pura emoção
e agora tá aí
mais uma canção
saiu sem querer
pra ele!

pra dar prazer é
só virtual
para ofender
é um punhal
para atacar
é um carcará
pra se livrar
só diz: "foi mal"
pra disfarçar
fica assim
de perfil
pra dizer que não viu
distraiu...

não tem amor
que ele não traia
dom de iludir
é a sua praia
não vi ninguém
da sua laia
até num show
ele vai e vaia

crápula!..

(Dante Ozzetti/Luiz Tatit)

Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin