25 de ago de 2010

Encontro

Gurdei o teu olhar, mas teu nome eu não sabia.
E a vida para mim começou naquele dia
eu andava pelas ruas te sonhando, te esperando,
te sentindo em cada samba
que do coração tirei.
Teu nome era segredo, mas ninguém quis me dizer.
E o mundo não sabia o quanto eu esperei.
Alô, alô! é o moço que canta samba?
sou eu a moça da festa, tenho em meu nome Maria
Tenho andado em tua vida, pelo que ouço dizer.
Faz um samba com meu nome
que eu me encontro com você.
Alô, alô! respondi farei agora!
Por favor não vai embora que eu preciso te dizer,
que a não ser minha viola não tenho muito na vida.
Meu pobre samba é a rosa que penso te oferecer.
Guardei o nosso encontro, teu sorriso teus encantos
E procurei todo mundo pra contar o que senti.
Cantei o samba em teu nome e vi no mundo o espanto
A ninguém guardei segredo do amor que consegui...

(Paulinho da Viola)


Paulinho da Viola




Ilana Volcov

Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin