24 de jun de 2010

Tim Maia - Sofre



É engraçado
A gente ama, troca juras de amor,
promete nunca se separar.
A gente deposita uma confiança
tão grande na pessoa amada,
que jamais você poderia imaginar
que a pessoa que você quer tanto
esteja lhe traindo de uma maneira
tão fria e suja.
A dor que você sente é tanta,
que às vezes você deseja até morrer.
E desta dor nasce um ódio, um rancor,
uma espécie de vingança,
que eu agora vou cantar.

Não vou mais chorar,
mas se eu chorar
vai ser baixinho pra ninguém me ver
O quanto eu sofro, pois amei você.

E vou seguir meu caminho triste
Como antes de te conhecer
Porem marcado, humilhado, magoado.
Pode ver.

Você foi mulher
Se isso é ser mulher
Está enganada, pois não é não.
Isto foi pura podridão

Se valeu do sentimento puro
e belo que eu tinha por você
para fazer as suas crueldades e maldades
Sem perdão.

Agora Sofre
Sofre
Todo mal que cê me fez
Você bem cedo irá pagar!

Disse a todo mundo eu que era o mal
E, no entanto foi você quem riu.
E quem me fez penar!

Agora Sofre
Sofre
Todo mal que cê me fez
Você bem cedo ira pagar!

(Tim Maia)


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin